"A vida não é medida pelo número de vezes que se respira, mas pelos momentos em que se perde o fôlego."

//subscrever feeds

Posts

Sábado, 11 de Agosto de 2012

4990831_460s_large

Percebo realmente a dimensão do não ter tempo para nada em que a minha vida se tornou, desde que comecei naquele desgraçado trabalho que me está a matar: 

  - quando perco o segundo almoço de família consecutivo;

  - quando deixo de sair com os amigos;

  - quando deixo de distingir semana de fim semana porque trabalho em ambos e a 3a feira se torna o meu fim de semana; 

  - quando tenho o mesmo livro na mesinha de cabeceira à uns meses;

  - quando as minhas olheiras se notam à distância;

  - quando olho constantemente para o relógio a pensar que amanhã tenho de acordar cedo para ir trabalhar;

  - quando me deito com a sensação no corpo de ter sido atropelada por um camião.  

E um dia com mais horas não?

 

publicado por mac às 22:44

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.