"A vida não é medida pelo número de vezes que se respira, mas pelos momentos em que se perde o fôlego."

Posts

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013

Diz-me que penso muito mais do que falo. Que tenho medo.

Mas não é medo, é uma qualquer outra coisa que me transcende e por vezes deveria transcender alguns.

Para quê deitar da boca para fora a imensidão das palavras que no nosso pensamento formam epopeias mágicas dignas das aventuras de Ulisses, se mal elas se tornam reais a realidade as engole sem dó nem piadade?

 

publicado por mac às 00:55