"A vida não é medida pelo número de vezes que se respira, mas pelos momentos em que se perde o fôlego."

Posts

Sábado, 09 de Junho de 2012

328_large

Os olhares pelo retrovisor são sempre um risco que nunca contabilizamos a curto prazo.

Olha-se a medo não vá o passado sair por ali disparado a puxar-nos de volta, para ao segundo olhar já se sentir aquele formigueiro melancólico a correr-nos nas veias. 

Cai-se na armadilha do tempo com a maior das facilidades. Ele troca-nos as voltas sem que nos apercebamos e quando damos por isso estamos enrodilhados em laços e nós até ao pescoço. Daqueles que quanto mais nos tentamos soltar mais nos apertam.

Porque o que já foi marca tanto ou mais que o que está por ser. É a linha da vida, sempre e para sempre aqui envolta na revolta que somos.

 

publicado por mac às 20:34